Panóptico

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

POETA POÉFAGO (por Pirro)


(pensando no poeta e ativista holandês Simon Vinkenoog)

Eis
o
herbívoro
ativolibertário
um poeta
poéfago
baforando
a
fumaça
do
devir
livre a ser
na
cara
dos
neuróticos
destruidores
da
Terra

Um comentário:

Narayana Febril. disse...

Vamos nos tocar de que a maioria estah sempre aos pés de uma minoria(...)e todo o lodo que eh a vida. Nada mais. Aquietemo-nos então. - Ah, mas isso era Nietzsche quem pensava. Dou vivas ao que quer que seja: não, não! O mundo não é só lodo Afinal!!!